Conheça a história de “A Dona do Pedaço”, novela inspirada em Romeu e Julieta

Como a história de uma cidade sem internet e uma fonte mágica protegida por guardiães não conseguiu emplacar nas audiências, a Globo vai jogar todas as suas melhores cartas na próxima novela das nove, que começa nesta segunda-feira, 20 de maio.

Pra início de conversa, Walcyr Carrasco vai escrever a trama. O autor já nos presenteou nos últimos anos com “Verdades Secretas” e, claro, “O Outro Lado do Paraíso”. Juliana Paes, com quem ele já trabalhou em “Gabriela”, será a protagonista de um escritor de novelas conhecido por suas mulheres de personalidade forte.

Juliana Paes é Maria da Paz, uma mulher jurada de morte, filha de uma família de assassinos de aluguel, que foge para São Paulo e se transforma na rica proprietária de uma rede de confeitarias, depois de ter começado a história vendendo bolos na rua.

Marcos Palmeira fará o par romântico, vivendo um advogado que é da família rival da família de Maria da Paz. É um Romeu e Julieta com matadores de aluguel, escritórios de advogados e muitos bolos.

Maria da Paz foge da fictícia cidade de Rio Vermelho para São Paulo

“A Dona do Pedaço” é uma novela que fala de coragem e esperança. Maria da Paz, filha de matadores de aluguel, se apaixona por um advogado formado em Vitória e que pertence à família rival, os Matheus.

A novela é dividida em um prólogo e duas fases. Na infância, Maria gostava de ficar na cozinha ao lado de sua avó Dulce, com quem aprendeu a fazer bolos, indo contra a vontade de seu pai, que queria que ela seguisse a carreira de matadora de aluguel.

Já na década de 1990, Maria conhece Amadeu durante um passeio a cavalo. Ao descobrirem a rivalidade das duas famílias, os dois fazem um pacto de amor e marcam o casamento. Durante a cerimônia, Amadeu leva um tiro no altar e os familiares dele prometem vingança.

As primeiras vítimas são Fabiana (Maria Clara Baldon/ Nathalia Dill) e Virgínia (Duda Batista/ Paolla Oliveira), sobrinhas de Maria e filhas de Zenaide (Maeve Jinkings). O irmão de Amadeu (Álamo Jacó) é encarregado de matar as garotas, mas só captura Fabiana. Sem coragem para executá-la, ele a deixa em um convento.

Acordo entre mães separa os dois protagonistas

Ao saberem do sumiço de Fabiana, os familiares tiram Zenaide e Virgínia da cidade, mas uma nova tragédia acontece. A criança se separa da mãe e se perde pelas ruas de Vitória.

Então, a mãe de Maria, Evelina (Nívea Maria), consegue ajuda do Padre (Fernando Eiras) para colocar a filha a salvo na casa de uma prima do pároco, Marlene (Suely Franco), que vive em São Paulo, no bairro do Bixiga.

Passado um tempo, Maria recebe a notícia que Amadeu morreu, mas na verdade se tratava de um acordo entre as mães, que dizem para os filhos que ambos morreram.

Grávida e desempregada, Marlene e seu novo vizinho Eusébio (Marcos Nanini) incentivam a jovem a vender bolos para ganhar dinheiro. Maria começa vendendo nas ruas e 20 anos depois é dona de uma rede de confeitarias.

Sua filha Josiane (Agatha Moreira) odeia o próprio nome e despreza a mãe pela sua aparência e jeito de ser. No entanto, a filha sabe que precisa da mãe para realizar o sonho de se tornar uma digital influencer e vai articular um plano com um playboy de família tradicional, Régis (Reynaldo Gianecchini) para conquistar a projeção social que tanto almeja, armando um casamento dele com sua mãe para tirar o dinheiro dela, sem se dar conta que vai colocar o patrimônio da família em risco.

Josiene também fará de tudo para se aproximar de uma das mais conhecidas digital influencer do país, Virgínia, que foi encontrada e adotada pelo casal Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale). A jovem não tem a menor ideia que se espelha na nova carreira em sua prima desaparecida.

E Fabiana, que há anos não tem notícia da família, vê a irmã em um programa de televisão com um amuleto dado de presente por Dulce para as duas, decidindo se mudar para São Paulo, onde arquiteta um plano para recuperar a vida que não teve, sem revelar o parentesco com Virgínia, pois ela sente inveja do sucesso da irmã.

Enquanto isso, Amadeu ficou se recuperando do tiro na casa da família e acaba se casando com a sua fisioterapeuta Gilda (Heloísa Jorge), se mudando com ela para São Paulo para exercer a advocacia. Na capital paulista, ele reencontra Maria e o amor do passado reacende.

A ‘Dona do Pedaço’ tem estreia na segunda-feira, dia 20.